LAST MINUTES

Estes são os últimos minutos que te posso dar.
Depois esqueço os passos que te levam.
Respiro só o sonho de um fim azul.

Vai-se embora a vida.
O mar resumido numa onda de sal.
E eu a amar-te.
A fotografia colada à pele.

Tenho sede de ti na minha pele toda.

Eu dizia-te mais do amor e do que foi sorrir contigo, mas estes eram os últimos minutos.
Dou-te o meu número?
Um pouco desta areia?

2 comentários:

anderson disse...

Um dos melhores textos teus que já li.

Ana disse...

Obrigada pela tua ajuda. Beijinho.